Boycott

boycotE falando sobre direitos do autor, dias atrás a crafter portuguesa Rosa Pomar noticiou em seu blog que uma conceituada marca holandesa copiou descaradamente suas criações. Os toys da Rosa são muito conhecidos pelos consumidores que apreciam o craft, uma corrente que só tem crescido na Europa e EUA e aos poucos ganha espaço no mercado brasileiro. O trabalho craft é feito com atenção, cuidado, honestidade e com as melhores matérias-primas porque os consumidores crafters estão cada vez mais atentos e exigentes. No caso das cópias da marca holandesa, elas são produzidas na China e com deficiências de produção.

Este tipo de comportamento das grandes empresas em relação aos criadores é intolerável, e como a própria Rosa relata, “conseguir processar a empresa judicialmente estando num país diferente não é simples nem rápido, mas fazer passar a mensagem, mostrar a esta e às outras empresas que escrever sobre o assunto e divulgá-lo é uma maneira eficaz”. Blogueiros do mundo todo estão se manifestando sobre este assunto. É importante divulgar e fazer valer os direitos autorais dos criadores para que nenhuma empresa se aproprie ilegitimamente do trabalho alheio. Plágio é crime!

O post na íntegra sobre o caso “ugly oilily” está aqui e sua repercussão aqui. Para conhecer um pouco mais sobre a trajetória de Rosa Pomar, clique aqui.