“Mantenham-se famintos. Mantenham-se tolos.”

Ontem perdemos um gênio e um ídolo. Assim como nós, milhares de designers começaram suas vidas profissionais com um Macintosh.

Minha vida com Macintosh começou  num Performa 6400, Quadra 800, (ui, eu usava Syquest!) depois veio o Quadra 900, Power Macintosh G3, Power Mac G4, G5. Sonho de consumo de todo designer, minha vontade era ter um computador em casa e quando surgiram os inesquecíveis iMacs coloridos, não pude conter minha ansiedade. Não sabia qual cor escolher, a vontade era ter um de cada! Fiz um financiamento no banco e comprei meu primeiro iMac G3 em 2001. Era caro, lembro que foram dois anos pagando as prestações. Valeu à pena, depois de 10 anos ele ainda funciona com todos os programas instalados, mas sem uso prático porque depois dele vieram outras macpaixões e minha vida continuou, sempre ao lado de um Macintosh.

Steve Jobs continuará fazendo parte da minha vida.

“É preciso encontrar o que você ama”. (Steve Jobs, 1955 – 2011)

ALLAH-LÁ-Ô

Allah-lá-ô, ô ô ô ô ô ô / Mas que calor, ô ô ô ô ô ô
Atravessamos o deserto do Saara / O sol estava quente / Queimou a nossa cara

Viemos do Egito / E muitas vezes / Nós tivemos que rezar
Allah! allah! allah, meu bom allah! Mande água pra ioiô
Mande água pra iaiá / Allah! meu bom allah

(Marchinha de Haroldo Lobo-Nássara, 1940)

Cairemos na folia e voltaremos somente no dia 14 de março. Até logo! :)

Bom Carnaval a todos!!! Allah-lá-ô, ô ô ô ô ô ô…

Passeio em Curitiba

Na última quinta-feira fomos para Curitiba e além do encontro familiar (irmã, cunhado e sobrinha), encontramos o @7UC4 do blog o leitor comum. Nosso ponto de encontro foi a Paperlab e de lá seguimos para o Mestre-Cervejeiro, um bistrô bem ao lado da Paperlab, na rua Coronel Dulcídio.

Passamos a tarde chuvosa em companhia agradabilíssima em um lugar apropriado para quem curte uma boa cerveja artesanal nacional ou importada. E o nosso paladar foi agraciado pela descoberta de uma ótima cerveja nacional de Ribeirão Preto (Demoiselle) da Cervejaria Colorado, com um sabor de café incrível.

Logo depois saímos apressados em direção à Itiban, uma loja inteira dedicada às HQs. Quando chegamos a loja estava fechando e tivemos tempo apenas para comprar um calendário Pindura 2011, um livro Candyland, e é claro pegar o livro ‘Ordinário’ do Rafael Sica que o Aleph ganhou no sorteio do lançamento.

Novamente pegamos muita chuva e o Tuca nos levou até o centro da cidade. Depois de uma rápida visita à Biblioteca Pública do Paraná, fomos até o Paço da Liberdade.

Que lugar incrível! Na época em que morei em Curitiba (93 a 97) este espaço estava completamente abandonado e fiquei feliz ao vê-lo todo restaurado, lindo e imponente.

Há salas para exposições, concertos e no térreo uma deliciosa cafeteria.

E assim terminamos o nosso dia em Curitiba, felizes por conhecer o Tuca e também por estar em Curitiba, uma cidade que gostamos muito.

Palavra escrita

Um livro, presume-se, deve durar.” (Jan Tschichold)

Bom final de semana!
Ps: e faremos o possível para finalmente lançar os Corrupios com capa dura na próxima semana. :)