Na tipografia

Old-B-01

 

Old-Buck sempre perto, e agora tipografando o Corrupio dele. ;-)

Old-B-02

Nossa Oficina Tipográfica

Impressões sobrepostas feiras em nossa oficina tipográfica

Estamos aquecendo os motores e preparando nosso atelie de serigrafia e tipografia para produzir novos e exclusivos produtos. Hoje foi dia de tratamento de beleza em nossa oficina tipográfica. E a primeira moradora atendida foi nossa máquina tipográfica Minerva, que recebeu lubrificação geral e uma limpeza para tirar alguma tinta antiga presa em seus rolos de borracha, disco de distribuição e tinteiro. Depois atacamos as ferramentas básicas utilizadas para montar as ramas tipográficas: cunhas e componedores, além de chaves para apertar as cunhas e também pinças tipográficas. Ninguém escapou do mutirão e até convocamos o Data, nosso estagiário de olhar sério, para ajudar a colocar a casa em ordem. Ainda temos bastante trabalho pela frente e muitas cunhas precisam de manutenção, pois o uso intenso desgastou seus componentes, mas é gratificante deixar tudo funcionando corretamente.

Também começamos a consertar nosso super grampeador, peça antiga e robusta que estamos reformando e logo ajudará a produzir modelos grampeados de Corrupios, com exclusivas capas tipográficas e com preços menores do que os modelos costurados atualmente disponíveis na loja. Assim você terá mais uma opção de custo e acabamento.

Logo que estiver tudo brilhando começaremos a produção a todo vapor, desenvolvendo novos produtos e aceitando encomendas de convites e cartões em tipografia. Portanto, se você tem interesse em nossos produtos, fique atento, acompanhe nosso blog, dê like em nossa página no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias em primeira mão.

Imagens da nossa Oficina Tipográfica

móveis e tipos

Aos poucos voltamos dos dias de descanso, em que intercalamos os dias livres com um “ritual de organização”. Seria difícil começar o novo ano sem uma reenergização do ambiente, pois afinal, trabalhamos e moramos no mesmo local.

E de todo este ritual, o que nos deu mais trabalho (e também mais satisfação) foi o armário da foto abaixo. Este móvel de cozinha foi um presente de casamento de minha bisavó para minha avó materna e pelos nossos cálculos ela se casou em 1944. Ocupávamos cerca de um terço deste objeto sessentão com os materiais da Corrupiola, e agora com esta reforma, ele será 100% corrupiolesco.

Trocamos os pés de madeira por rodinhas de silicone e ficou muito melhor!

Além disso… Aleph continua em outra organização minuciosa:

… colocar letras, fios, espaços, azurées e ornamentos em seus devidos lugares.

Dá um trabalhão…

mas vale à pena, pois estes tipos estarão na próxima coleção de Corrupios.